Granulitos

O termo granulito, derivado do latim (granulum), foi utilizado, originariamente, por  autores alemães para designar leptinitos de Granulitgebirge, Floresta Negra, em função, essencialmente, da textura fina e granuloblástica que apresentam. Segundo Miyashiro(1973), o nome granulito significava originariamente rochas com textura granulítica, caracterizada por bandas ou fitas, por vezes, de diferentes minerais com tendência equigranular e equidimensional, Foto 1

Foto 1 – Amostra de granulitos formados a elevadas pressões e temperaturas, formados em resultado do choque de massas continentais durante a formação do supercontinente Rodínia. Granulitos de Tojal dos Pereiros, Bragança (Portugal).

Este termo tem sido usado com conotação variável , de petrográfica (fácies metamórfica granulito de Eskola,1939 in Turner & Veerhoogen,1960) a geotectónica, relacionada com a compartimentação em cinturões de alto grau metamórfico (cinturões granulíticos ou granulític mobile belts). 

A utilização frequente  na bibliografia para designar as próprias rochas dos cinturões granulíticos contraria  propostas como as de Winkler (1977), que sugeriu reservar o uso do termo granulito para a  designação da fácies metamórfica, atribuindo termos especiais (granolito, granoblastito..) para especificar as rochas granulitizadas, Foto 2.

Foto 2 – Este Geossítio (Maciço de Morais- Geoparque Mundial UNESCO Terras de Cavaleiros) é um dos raros locais do planeta Terra onde se observa o limite que ocorre a cerca de 20 quilómetros de profundidade, no contacto entre as rochas da crosta continental média (gnaisses de Lagoa) e da crosta continental mais profunda (granulitos) – Descontinuidade de Conrad.

Resumindo, o termo granulito pode ser utilizado, conforme uso corrente, com um sentido  amplo, servindo tanto para designar a fácies metamórfica quanto as rochas metamorfizadas nessa fácies, além de englobar as rochas plutónicas e/ou anatéxicas associadas (charnockitos, enderbitos, mangeritos..) que cristalizaram debaixo das mesmas  condições de pressão e temperatura. Assim, os granulitos compreendem rochas de composição  variada, de origem intra ou supracrustal, que sofreram metamorfismo da fácies granulítica. Isto vem simplificar a nomenclatura das rochas granulitizadas com o uso substantivado ou adjetivado do termo granulito como, por exemplo: diorito granulítico; granulito ácido; granulito granodiorítico, etc..

Fontes consultadas:

http://mw.eco.br/ig/posg/dout/tese005/index.html

ESKOLA,P.1939.Die Metamorphen Gesteine. In Die Entsehung der Gesteine. by Tom Barth,C.W. Correns and P.Eskola: 263-407.

MIYASHIRO,A.1973. Metamorphism and metamorphic belts. George Allen & Unwin Ltd.

WINKLER,H.G.F. 1977. Petrogênese das rochas metamórficas.Ed.Edgard Blucher(tradução).

WINKLER,H.G.F.;SEN,S.K. 1973. Nomenclature of granulites and other high grade metamorphic rocks. N.Jb.Miner.Monatsh;1973:393- 402

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑